Infantário Maria do Rosário-IPSS

Rua De S. Brás, Santa Cruz do Bispo, 4455
Share
Send Message Add Review

Details

A Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo, foi fundada por iniciativa do Reverendo Padre António da Rocha Reis, que paroquiou esta Freguesia desde Outubro de 1937 até Março de 1953. Após a vinda do Padre Reis para esta Freguesia e valendo-se da influência junto do Governo, conseguiu do Ministério das Corporações e Previdência Social, o Alvará da Fundação da Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo, por despacho de 24 de Junho de 1938, com base no Dec-Lei Nº 23051.

Depois de iniciadas as obras, no Edifício foi inaugurado em 06 de Abril de 1941. Este Edifício foi construído em duas fases; a primeira, foi a construção da Sala de Espetáculos e Dependências Administrativas e a segunda a Creche.

Neste Edifício funcionou durante muitos anos os Serviços Médicos e a Sociedade Columbófila, que abandonaram o mesmo, indo para o Edifício da Junta de Freguesia.

Grupo Folclórico da Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo
Data da fundação: 10 de Maio de 1953

Grupo está inserido na Associação Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo.

Breve história do Grupo Folclórico:

O Grupo Folclórico da Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo pertence geograficamente ao Douro Litoral, o qual representa.



O grupo tem influências sociais das classes: lavradores, pescadores, costureiras, principais atividades da freguesia de Santa Cruz do Bispo, nos finais do século XIX, princípios do século XX, e também é influenciado pelas classes abastadas dos emigrantes brasileiros que construíram os seus solares em Santa Cruz do Bispo, onde, ainda hoje, se podem admirar alguns.

Lavradores, proprietários e Casa de Lavoura, estavam bem representados em Santa Cruz do Bispo. Algumas famílias de pescadores também moravam em Santa Cruz do Bispo.

A antiga Quinta dos Bispos também estava relacionada, nessa época, com a agricultura.

A indústria era pouco representativa.

Santa Cruz do Bispo também teve realeza: A Viscondessa de Santa Cruz do Bispo, Dona Maria Dias de Sousa, que casou com António Francisco Pereira, um marítimo que foi capitão da Marinha Mercante.

Resumindo:

O folclore emerge da confluência indefinida de costumes, crenças, músicas, danças e do conjunto de coordenadas que formam a alma popular.

Map

Updates From Infantário Maria do Rosário-IPSS

Share Your Experiance About Infantário Maria do Rosário-IPSS

Other Information

Other Categories: